Dizíamos que o valor do Chico não estava na Mediunidade, mas na Moralidade que era irretocável.
Agora vemos o Amigo Divaldo Franco aliar aos seus dons mediúnicos e à sua oratória extraordinária gestos de cortesia com confrades menores, estimulando-os a prosseguirem na tarefa de divulgação do Espiritismo.
Cumprimentamos por carta o irmão que esteve na Paraíba no início de janeiro, porque foi impossível aproximar-nos dele para um abraço, devido ao cordão de isolamento criado pela multidão. Nem o acesso à própria Federação Espírita Paraibana era possível já uma hora antes do horário de início do evento. Atrevemo-nos a lhe mandar dois livrinhos nossos de poesia; logo a ele que já escreveu mais de 250 livros.
Ele nos respondeu por correio convencional com um simpático bilhete: Digam se não é um gentleman!
 
Divaldo_Bilhete
Anúncios